PUBLICIDADE
Topo

Depois do PT e de Lula, Dilma apoia candidatura de Boulos em São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff manifestou apoio ao candidato Guilherme Boulos, do PSOL, em São Paulo - Presidência da República
A ex-presidente Dilma Rousseff manifestou apoio ao candidato Guilherme Boulos, do PSOL, em São Paulo Imagem: Presidência da República

Do UOL, em São Paulo

17/11/2020 15h41

A ex-presidente Dilma Roussef foi mais um nome forte do PT a pedir votos para o candidato Guilherme Boulos (PSOL), que disputará o segundo turno da eleição para a prefeitura de São Paulo com o atual prefeito, Bruno Covas (PSDB).

"O voto em Boulos e Erundina representa a luta do campo progressista de São Paulo e do Brasil contra o ódio, a mentira e a intolerância. Boulos oferece a chance de construir uma SP mais justa, inclusiva e atenta aos direitos dos mais pobres e dos que mais precisam", escreveu a petista em uma rede social.

A declaração vem na sequência dos apoios do ex-presidente Lula, do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e também do candidato do partido derrotado na disputa, Jilmar Tatto. O PT formalizou o apoio da legenda ontem.

"É necessário derrotar o projeto neoliberal representado por Bruno Covas, João Doria e Bolsonaro, motivo pelo qual o PT paulistano entende a importância de eleger Guilherme Boulos prefeito", disse o partido em nota.

Ao participar do UOL Entrevista, o presidente nacional do PSOL já afirmou que o apoio do partido é bem-vindo.

"O PT tem muita rejeição, mas tem muitos apoiadores. Esses eleitores que votaram no PT são muito importantes, assim como quem votou no Orlando Silva, na Marina [Helou], ou quem não votou. No segundo turno há que se receber apoio.".