Em entrevista, papa Francisco defende o aleitamento materno em público

Do UOL, em São Paulo

O papa Francisco defendeu que as mães deem o peito para os bebês mamarem em público, em entrevista concedida ao jornal italiano "La Stampa".

O pontífice afirmou que as mães não devem ter vergonha de amamentar seus filhos e ligou o tema ao desperdício e reciclagem de comida.

Na entrevista, o papa contou a história de uma mulher cujo filho "chorava de tanta fome". Francisco disse que se aproximou dessa mãe e pediu para que ela alimentasse seu bebê.

"Ela tinha vergonha e não queria amamentar em público enquanto o papa estivesse passando. Eu quero dizer o mesmo que disse a ela à humanidade: dê o que comer às pessoas!", afirmou.

O papa também condenou os padres que não batizam filhos de mães solteiras. "É uma mentalidade doentia", disse em relação aos religiosos.

Nos últimos dias, o papa foi escolhido como personalidade do ano pela revista "Time", umas das mais importantes publicações norte-americanas, e pela revista "The Advocate", uma dos mais prestigiosos veículos voltados à comunidade gay. (Com agências internacionais)

Pontificado de Francisco
Pontificado de Francisco

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos