Chamado de 'pior presidente da história', Obama rebate Trump com provocação

Do UOL, em São Paulo

O presidente norte-americano, Barack Obama, participou na noite de segunda-feira (24) do talk show "Jimmy Kimmel Live", da emissora ABC, e não perdeu a chance de responder a uma crítica do candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump.

Em um segmento do programa conhecido como "Tweets maldosos", o convidado recita algumas postagens críticas feitas a seu respeito no Twitter. Depois de ler algumas mensagens de cidadãos comuns, Obama se deparou com um tweet de Trump: "Presidente Obama entrará para a história, talvez, como o pior presidente dos Estados Unidos!".

"@realDonaldTrump, pelo menos eu entrarei para a história como um presidente", rebateu Obama, chamando o republicano por seu nome de usuário no Twitter. Na sequência, o presidente soltou o telefone celular no chão, olhando fixamente a câmera, enquanto a plateia ria e aplaudia.

As últimas pesquisas mostram uma ampliação da vantagem da democrata Hillary Clinton sobre Trump, que tem ficado em situação mais difícil na corrida pela Presidência.

Durante a campanha, Obama respondeu várias vezes às críticas e provocações de Trump. Na semana passada, o presidente rebateu o republicano por ter colocado em dúvida a lisura das eleições americanas. "Recomendo ao senhor Trump que pare de choramingar e vá tentar conseguir votos", afirmou Obama.

Em julho, ao participar pela primeira vez de um comício de Hillary, Obama alfinetou Trump por suas publicações críticas nas redes sociais. "Qualquer um pode tuitar, mas ninguém na verdade sabe o que é assumir o cargo até que efetivamente sente a mesa."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos