Incêndios na Califórnia alcançam bairros residenciais de Los Angeles

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

    Usuário do Facebook Alex Avlas publicou imagens da chamas em uma rodovia da Califórnia

    Usuário do Facebook Alex Avlas publicou imagens da chamas em uma rodovia da Califórnia

Um incêndio florestal descontrolado, alimentado por ventos quentes e secos, ameaçava mais de 12 mil casas dentro e ao redor de Ventura, na Califórnia, nesta quarta-feira, obrigando milhares de pessoas a fugir em busca de segurança.

O incêndio, que sequer começou a ser contido, está sendo atiçado por ventos imprevisíveis de Santa Ana, que sopram do deserto da Califórnia. Há previsões de rajadas de até 115 quilômetros por hora, que devem continuar intensas ao longo da semana, nesta quarta-feira.

Um dos focos das chamas, alcançou o exclusivo bairro de Bel Air, em Beverly Hills, no condado de Los Angeles, e atingiram várias mansões desta área residencial. O Departamento de Bombeiros de Los Angeles emitiu novos alertas de evacuação obrigatória na região, inclusive na área próxima do ameaçado Museu Getty, a oeste da cidade. 

A sempre congestionada Rodovia 405 teve que ser fechada pelas autoridades no trecho perto do Museu Getty por causa de um incêndio que começou na madrugada. Um vídeo feito por um internauta mostra as chamas na região da estrada antes do fechamento.< Na região do Museu Getty foram registrados ventos de até 50 km/h, informou o Serviço Meteorológico Nacional dos EUA.

 

Este incêndio, um dos vários que estão ativos há dois dias no sudeste da Califórnia, já consumiu mais de 20 hectares em um setor muito populoso do condado de Los Angeles.

Um outro foco do incêndio está nas colinas acima e no interior da cidade de Ventura, localizada cerca de 80 quilômetros ao noroeste de Los Angeles. As chamas nesta região já arrasaram perto de 26.325 hectares e obrigaram a remover os residentes de mais de 50 mil imóveis. Já no Vale de San Fernando, ao norte de Los Angeles, o chamado Incêndio Creek forçou a retirada de 2.500 casas.

Várias escolas permaneceram fechadas e as autoridades advertiram sobre a necessidade de realizar evacuações a tempo, considerando que não há forma de garantir a segurança das pessoas que decidirem ficar nos imóveis ameaçados pelo fogo.
 

(Com agências internacionais)

 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos