Governo autoriza doação de R$ 792 mil para restauração de basílica na Palestina

Do UOL, em Brasília

  • HAZEM BADER /AFP

    24.dez.2017 - Guarda palestino em frente à Basílica da Natividade, em Belém

    24.dez.2017 - Guarda palestino em frente à Basílica da Natividade, em Belém

O presidente da República em exercício, Rodrigo Maia, assinou nesta quinta-feira (25) medida provisória que autoriza a doação de R$ 792 mil para a restauração da Basílica da Natividade, na cidade de Belém, na Palestina. A informação foi divulgada pelo Palácio do Planalto.

A medida provisória será publicada nesta sexta (26) no Diário Oficial da União. O montante sairá do orçamento do Ministério das Relações Exteriores e será transferido por meio de um termo de doação firmado pela União.

O documento foi assinado por Maia pelo fato de Michel Temer estar em trânsito de volta ao Brasil após participação no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça. A expectativa é que Temer chegue a Brasília na noite desta quinta.

A reportagem do UOL procurou o Ministério das Relações Exteriores, por telefone e por e-mail, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

A Basílica da Natividade foi construída no século 4 d.C. no espaço onde Jesus Cristo supostamente teria nascido. Ao longo dos séculos, a edificação sofreu ataques e incêndios, mas foi sendo reconstruída e expandida até contar com o atual formato. A construção ocorreu a mando do imperador Constantino, que liberou o cristianismo no Império Romano, antes alvo de perseguição.

A Basílica é administrada pelas Igrejas Católica, Ortodoxa Grega e Apostólica Armênia. Os trabalhos de restauração começaram em setembro de 2013 e abrangem mosaicos, portas, janela, teto, piso, paredes e colunas.

Em 2012, a Basílica da Natividade foi declarada patrimônio mundial pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos