Homem morre após ser sugado por máquina de ressonância magnética

Lucas Teixeira

Colaboração para o UOL

  • Getty Images

    Funcionário do hospital teria dito à vítima que a máquina estava desligada

    Funcionário do hospital teria dito à vítima que a máquina estava desligada

Um homem morreu depois de ser sugado por uma máquina de ressonância magnética em Mumbai, na Índia, na noite do último sábado (27). De acordo com a polícia, um médico e um funcionário do Nair Hospital foram presos por negligência.

O acidente aconteceu quando Rajesh Maru, 32, visitava um parente no hospital no fim de semana. Ele entrou na sala de ressonância com um cilindro de oxigênio. Por causa da força magnética, acabou puxado para dentro do equipamento.

Estima-se que, durante o acidente, o cilindro tenha sido danificado e Maru tenha morrido ao inalar o gás que vazou. A causa exata ainda está sendo investigada.

Leia mais

De acordo com a rede americana CBS, um tio da vítima afirmou que um funcionário do hospital permitiu que Maru entrasse na sala de ressonância, pois a máquina estaria desligada.

"Nós prendemos um médico e um funcionário do hospital de acordo com o código penal indiano por morte por negligência", declarou a polícia de Mumbai, por meio de comunicado.

O governo do Estado de Maharashtra, de onde Mumbai é capital, anunciou que vai pagar 500.000 rúpias (cerca de R$ 25.000) para a família da vítima.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos