Topo

Mulher é expulsa de cruzeiro após se arriscar para fazer selfie

Flagrada por outro passageiro, a mulher - que não teve identidade revelada - foi proibida de viajar com a Royal Caribbean - Reprodução/Facebook
Flagrada por outro passageiro, a mulher - que não teve identidade revelada - foi proibida de viajar com a Royal Caribbean Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

19/10/2019 13h42

Fazer selfie é algo que entrou no dia a dia de quase todo mundo. Apesar de simples, a ação pode trazer perigo dependendo do lugar onde é realizada.

E uma mulher que estava em um cruzeiro do navio Allure, da Royal Caribbean, além de arriscar a própria vida, tomou uma punição da qual nunca vai se esquecer.

Segundo a CNN, ela foi flagrada por outro passageiro de pé próxima à varanda de sua cabine, tentando achar o "ângulo ideal" para a fotografia. Assim que viu a cena, Peter Blosic alertou a tripulação do perigo. "Enquanto estava na minha varanda, vi a mulher subir em seu parapeito. Aconteceu tão rapidamente. Se eu não dissesse nada, poderia ser horrível", disse ele.

Rapidamente, a tripulação retirou a mulher, que chegou ao local com ajuda de uma amiga, da região de risco. Assim que o navio atracou na Jamaica, a Royal Caribbean decidiu bani-la de viajar novamente com a empresa. A mulher não teve identidade revelada.

Em comunicado enviado ao portal, a Royal Caribbean explicou o ocorrido e confirmou a punição. "No início desta semana, no Allure of the Seas, um hóspede foi visto de forma imprudente e perigosa posando para uma foto, de pé na grade da varanda da cabine, com a ajuda de seu acompanhante. A segurança foi notificada e os passageiros foram posteriormente desembarcados em Falmouth, Jamaica, como resultado de sua ação. Agora, elas estão proibidas de viajar com a Royal Caribbean".

Internacional