Topo

Bolsonaro tem que reagir à altura, diz chefe da CRE no Senado sobre Trump

Alan Santos/PR
Imagem: Alan Santos/PR

Luciana Amaral e Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

02/12/2019 16h12

Chefe da Comissão de Relações Exteriores do Senado, o senador Nelsinho Trad (PSD-MS) afirmou que espera do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) uma "reação à altura" ao anúncio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que sobretaxará aço e alumínio do Brasil.

Trad também afirmou que aguarda um contato entre os dois presidentes e disse que o Brasil se prejudicou com o episódio.

"O Brasil saiu machucado dessa história e, machucado que foi, eu senti essa dor", afirmou ao UOL.

Ele avalia, por outro lado, que dificilmente os Estados Unidos devem repensar a decisão.

"Pelo clima que eles estão passando lá, eu acho difícil que isso ocorra, principalmente porque o processo eleitoral está em franca expansão", afirmou.

"Recebi essa notícia com perplexidade e acho que isso causa um desconforto para o país. Senti como se o Brasil estivesse com alguém colocando a faca em seu pescoço", afirmou.

Na visão de Trad, Donald Trump decidiu restituir as tarifas por mero interesse eleitoral.

"Fomos usados nessa história em função do processo eleitoral nos Estados Unidos. Ele [Trump] quis agradar a classe produtora de lá e acabou gerando todo esse desconforto", disse.

Internacional