PUBLICIDADE
Topo

Xerife morre atropelada nos EUA enquanto ajudava idosa a atravessar a rua

A detetive Amber Leist - Reprodução/Twitter
A detetive Amber Leist Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL

14/01/2020 12h07

Uma detetive de 41 anos, que trabalhava em Los Angeles, nos Estados Unidos, morreu após ser atropelada por um carro em alta velocidade enquanto ajudava uma idosa a atravessar a rua.

Amber Leist estava dirigindo quando viu uma senhora cair enquanto atravessava a rua e saiu de seu carro para ajudá-la. Neste momento, Leist foi atropelada por um carro que passava pela via, contou seu colega de Departamento, o xerife Alex Villanueva, em entrevista coletiva reportada pela CNN.

"Hoje, o Departamento de Polícia do Condado de Los Angeles está de luto. Estamos chocados com a perda repentina de um membro da família. Amber Leist, uma detetive com 12 anos de experiência foi fatalmente atingido por um veículo enquanto ajudava os outros. Ela era uma excelente oficial e liderava dando exemplo", escreveu Villanueva, no Twitter.

Segundo a CNN, o motorista do carro que bateu na detetive parou e tentou prestar auxílio, disse o comandante da polícia de Los Angeles Marc Reina. Leist foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A detetive estava de folga no dia do ocorrido e deixa dois filhos, que têm entre 17 e 20 anos.

Internacional