PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mulher é submetida a cirurgia de emergência após vibrador parar na bexiga

Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

28/01/2020 13h01

Uma norte-americana precisou ser levada para uma cirurgia de emergência depois que um vibrador ficou emperrado em sua bexiga.

De acordo com o site Women's Health, a mulher estava usando o brinquedo, que tinha aproximadamente 9 centímetros, enquanto jantava com o namorado — durante uma brincadeira sexual - e mal percebeu quando o objeto entrou em seu corpo.

"Eu me movi e, do nada, senti uma dor muito forte", disse ela, que começou a procurar o vibrador logo depois. "A primeira reação foi de pânico, porque eu tinha acabado de perder algo dentro de mim".

A mulher contou ainda que toda vez que o objeto vibrava, "era como se todo o seu abdômen se mexesse".

Assim que chegou ao hospital, ela foi encaminhada para uma sala de emergência e fez diversos exames pélvicos para que os médicos se certificassem da localização exata do vibrador.

"Nós da equipe médica não conseguimos encontra-lo na vagina", relembrou o ginecologista Greg Marchand, que logo depois a submeteu a um exame de raio x. "Fiquei surpreso quando percebi que ele estava na bexiga da paciente".

Os médicos determinaram então que o brinquedo sexual tinha penetrado no seu corpo através da uretra e se alojado ao lado da bexiga. Foi feita uma cirurgia para removê-lo e, após a recuperação, a mulher pretende entrar com uma ação contra a empresa.

Ela alega que "não existe aviso de que isso poderia acontecer" e o "design pequeno e estreito é perigoso".

Internacional