PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Nos EUA, homem leva bandeira nazista em comício de Sanders e é expulso

Bernie Sanders comemora vitória em Vermont na Superterça - Spencer Platt/Getty Images/AF
Bernie Sanders comemora vitória em Vermont na Superterça
Imagem: Spencer Platt/Getty Images/AF

Do UOL, em São Paulo

06/03/2020 16h29

Um homem que acenava bandeira nazista e gritava "Heil Hitler" ("Salve Hitler") foi expulso de um comício de Bernie Sanders, realizado no estado do Arizona, ontem à noite.

Sanders concorre nas primárias democratas à vaga para disputar às eleições presidenciais dos Estados Unidos. Se se for eleito, Sanders se tornará o primeiro presidente americano judeu.

A bandeira foi levada por um homem que não teve a sua identidade revelada ao Memorial dos Veteranos do Arizona, e ostentada no início do discurso de Sanders. Ele gritando insultos antijudaicos a Sanders e fazendo a saudação nazista.

"Ele nunca abaixou o braço", disse Ron Mack, 40, participante do comício que estava sentado nas proximidades, em entrevista ao site "BuzzFeed". "Todo mundo estava incrédulo", completou ele, sem acreditar no que viu.

Minutos depois, o rapaz foi expulso da arena por forças de segurança.

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram o rapaz caminhando normalmente, já do lado de fora do estádio, e sendo vigiado por policiais.

Internacional