PUBLICIDADE
Topo

Madri reconhece 781 mortos com coronavírus e 3.479 com sintomas em abrigos

Abrigo para idosos em Madri - Europa Press via Getty Images
Abrigo para idosos em Madri Imagem: Europa Press via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

08/04/2020 11h18

A prefeitura de Madri admitiu hoje que 781 pessoas que viviam nos abrigos públicos ou particulares da cidade morreram por causa do coronavírus.

Porém, especula-se que o número possa ser muito maior já que outras 3.479 pessoas morreram sintomas compatíveis com os da covid-19, mas sem realizar o teste.

A cidade possui cerca de 710 abrigos que acolhem idosos, pessoas com deficiência física e doenças mentais.

No total, 4.750 pessoas morreram nos abrigos madrilenhos em março deste ano.

Coronavírus