PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
7 meses

EUA: Homem negro treinará policiais contra racismo após prisão por engano

Joseph Griffin, de 28 anos - Reprodução/Twitter
Joseph Griffin, de 28 anos Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

08/09/2020 15h56

Joseph Griffin, um homem negro de 28 anos, foi abordado pela polícia enquanto corria no bairro de Deltona, na Flórida. Temendo atitudes violentas dos policiais — o que tem se mostrado frequente nos Estados Unidos, com notícias de pessoas negras mortas ou feridas em episódios semelhantes — ele filmou toda a ação, enquanto explicava que era inocente.

No vídeo, que foi transmitido ao vivo nas redes sociais em 27 de agosto, um policial se aproxima de Griffin dizendo que houve um roubo na região e que ele se encaixa na descrição: homem negro, de barba e camiseta branca. "Não estou dizendo que foi você, estou dizendo que você se encaixa na descrição", diz um dos policiais.

Na sequência, o homem mostra seus documentos, é algemado e diz à câmera: "Se algo acontecer comigo, é melhor vocês todos se manifestarem". Por fim, a polícia reconhece que a detenção foi por engano e ele é liberado.

Segundo a emissora norte-americana CNN, o xerife da região, Mike Chitwood , elogiou o "profissionalismo" dos policiais envolvidos e a ação calma de Griffin durante a abordagem.

"Eu assisti ao vídeo. Griffin foi ótimo com meus homens. E meus homens foram extremamente profissionais. Liguei para cada um deles para agradecê-los por seu profissionalismo. Liguei para Griffin também e agradeci como ele lidou com a situação. Quando você é parado pela polícia, é assim que você age. Este é realmente um momento de aprendizado", afirmou.

Ao descobrir que Joseph Griffin é um ex-policial militar, Chitwood o convidou para treinar toda a equipe de policiais da região contra abordagens racistas. Ele aceitou a proposta e os treinamentos começam em outubro.

"Eu também lhe ofereci um emprego", contou o xerife. "Mas ele recusou a oferta dizendo que tem um emprego na área de saúde".

Internacional