PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump: americanos listam vezes em que pagaram mais impostos que presidente

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em coletiva na Casa Branca, em 7/09/2020 - Mandel Ngan/AFP
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em coletiva na Casa Branca, em 7/09/2020 Imagem: Mandel Ngan/AFP

Do UOL, em São Paulo

28/09/2020 16h41

Na véspera do debate entre Donald Trump e Joe Biden, a revelação sobre a evasão fiscal do republicano balançou as redes sociais. De acordo com informações do jornal The New York Times, Trump pagou apenas US$ 750 em impostos federais no ano em que conquistou a Presidência (2016).

No ano seguinte, desembolsou a quantia de US$ 750 em tributos federais. Na comparação com os contribuintes americanos, Trump não pagou praticamente nada. Com a repercussão da notícia, os norte-americanos usaram as redes sociais para demonstrar irritação com a situação - e dizer que, ao longo dos anos, pagaram mais impostos do que o próprio presidente.

"Como um imigrante sem documentos, posso agora dizer que paguei mais impostos do que o presidente [...] Paguei US$ 1.559,85 em impostos no quarto trimestre de 2019"

"Sou uma contadora de 43 anos da Flórida e com um filho de 18 anos. Paguei mais em impostos federais [do que Trump]"

"Paguei mais de US$ 750 em imposto de renda trabalhando 39 horas por semana na Starbucks durante a faculdade"

"Paguei mais impostos neste ANO do que Trump em 2016 e 2017. Vivo de salário em salário enquanto ele tem um estilo de vida luxuoso"

Em entrevista coletiva no domingo (27), o presidente Trump negou as acusações. "É totalmente fake news, inventada [a reportagem do "The New York Times"]. Totalmente. Na verdade, paguei impostos". Enquanto isso, o advogado de Trump diz que ele pagou "milhões" em tributos, mas seriam taxas estaduais de imóveis, por exemplo, e não impostos federais.

Se Trump perder as eleições em 3 de novembro, ele se tornará o primeiro presidente a cumprir um único mandato nos Estados Unidos desde o republicano George H. W. Bush, que perdeu para Bill Clinton em 1992.

Internacional