PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
8 meses

Donald Trump agradece apoiadores que fazem plantão em frente a hospital

Apoiadores de Trump seguem do lado de fora do hospital, onde está o presidente americano - Samuel Corum/ Getty Images/ AFP
Apoiadores de Trump seguem do lado de fora do hospital, onde está o presidente americano
Imagem: Samuel Corum/ Getty Images/ AFP

Do UOL, em São Paulo

04/10/2020 17h17

O presidente norte-americano Donald Trump agradeceu, na tarde de hoje, a apoiadores que fazem plantão em frente ao hospital militar Walter Reed, em Maryland, para onde foi levado depois de contrair a covid-19.

"Eu realmente aprecio todos os fãs e apoiadores que estão do lado de fora do hospital. O fato é que eles realmente amam o nosso país e estão vendo como estamos maiores do que nunca", escreveu Trump, em seu perfil no Twitter.

Apoiadores também fizeram uma carreata (e um buzinaço) em frente ao hospital. (Veja vídeo abaixo)

O presidente Donald Trump anunciou que testou positivo para covid-19 no início na última sexta-feira, em mensagem publicada em redes sociais. A mulher, a primeira-dama Melania Trump, também está com a doença. Ele foi transferido para o hospital um dia depois.

Segundo a equipe médica, o republicano de 74 anos pode ter alta amanhã, caso o quadro clínico continue melhorando. Se liberado, Trump poderá retornar à Casa Branca e ser monitorado em casa.

Trump foi diagnosticado com o novo coronavírus em meio à sua campanha pela reeleição, em que enfrenta o democrata Joe Biden. A eleição está marcada para 3 de novembro.

Ao longo da pandemia, Trump tem minimizado o novo coronavírus e frequentemente aparece sem máscaras em eventos públicos —ele, inclusive, ironizou Biden pelo uso de máscaras. O democrata, que esteve com Trump em debate na terça-feira (29), disse que fará o teste para saber se está com covid-19. Nas redes sociais, Biden diz que reza pela "saúde e segurança do presidente e de sua família".

A Casa Branca garantiu que o 45º presidente dos Estados Unidos segue exercendo o cargo, mas passará os próximos dias em um hospital militar, onde está desde ontem.

Internacional