PUBLICIDADE
Topo

Eleições Americanas

Esse conteúdo é antigo

Republicanos perguntam se apoiadores dariam a vida por reeleição de Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump; apoiadores seguem questionando o resultado das eleições - Mandel Ngan/AFP
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump; apoiadores seguem questionando o resultado das eleições Imagem: Mandel Ngan/AFP

Do UOL, em São Paulo

09/12/2020 12h00

O Partido Republicano no Arizona não vai desistir tão cedo de questionar o resultado das eleições presidenciais deste ano. Em um post nas redes sociais, o partido perguntou aos apoiadores do presidente Donald Trump, derrotado nas urnas pelo democrata Joe Biden, se eles estão dispostos a dar a vida pela luta pela reeleição.

O comentário foi feito em resposta a um tweet, publicado na segunda-feira, por Ali Alexander, organizador nacional do Stop the Steal, movimento que vem realizando em protesto contra os resultados das eleições em todo o país.

"Estou disposto a dar minha vida por essa luta", postou Alexander. O perfil do partido no Arizona retuitou o post e comentou: "Ele está. Você está?".

No mesmo dia, o partido fez outro post, dessa vez citano Benjamin Franklin: "Devemos ficar todos juntos, ou, com certeza, seremos enforcados separadamente".

O tom violento vem sendo usado nas redes sociais e nas ruas por apoiadores do partido no Arizona. Eles continuam afirmando que foi uma "falsa eleição" e um grupo armado chegou a cercar um local de contagem de votos no condado de Maricopa, em Phoenix, gritando que a eleição havia sido roubada.

O Arizona é um dos estados onde os advogados de Trump foram contestar na justiça o resultado da eleição. Os tribunais negaram todos os pedidos de auditoria por não reconhecerem indícios de fraude na votação.

Segundo os números finais, Biden venceu Trump com uma diferença de mais de 10 mil votos.

Eleições Americanas