PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
9 meses

Soldado acha moeda cunhada há 1.800 anos com rosto de imperador, em Israel

A moeda encontrada tem a figura do deus da lua sírio - Divulgação/Autoridade de Antiguidades de Israel
A moeda encontrada tem a figura do deus da lua sírio Imagem: Divulgação/Autoridade de Antiguidades de Israel

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/02/2021 11h14

Uma moeda cunhada há cerca de 1.800 anos foi encontrada por um soldado na região do Monte Carmelo em Israel. O artefato por lei pertence ao Estado de Israel e se junta a apenas onze antigas moedas da região conhecidas por pesquisadores, conforme divulgado ontem pela Autoridade de Antiguidades do país.

A moeda contém imagens e texto que permitiram pesquisadores identificar com precisão sua origem e data. Em um dos lados está escrito: "do povo de Geva Phillip", com a marcação do "ano cívico" de 217, que é por volta de 158 e 159 d.C.

Do mesmo lado que as marcações em escrito há um desenho do deus da Lua sírio. O lado oposto da moeda carrega um retrato do imperador romano Antonino Pio, que governou o Império entre 138 e 161 d.C.

"Geva Philippi, também conhecida como Geva Parashim, era uma polis, uma cidade com certo nível de autonomia e reconhecimento do governo romano, incluindo o direito de cunhar moedas próprias", explicou o Dr. Avner Ecker, professor de arqueologia clássica, para o Jerusalem Post.

Ido Gardi, o soldado que viu a moeda, recebeu um certificado de agradecimento pela boa cidadania ao entregar o objeto para a Autoridade de Antiguidades.

"Vale ressaltar que as antiguidades são tesouros nacionais. É proibido buscá-los ativamente e qualquer achado casual deve ser comunicado à autoridade", disse Nir Distelfeld, inspetor da entidade responsável por artefatos históricos israelenses.

"Iremos transferir a moeda descoberta para o Departamento do Tesouro Nacional, esperançosamente acrescentando mais dados e enriquecendo a pesquisa acadêmica com outras evidências do passado", completou.

O estudo Numismático feito em moedas como a encontrada pelo soldado permite que os historiadores e arqueólogos saibam mais sobre a economia da cidade em que ela foi cunhada. Além disso, a descoberta é importante pois, dependendo do local em que foi encontrada, dá para saber em quais outras cidades a unidade monetária era aceita.

Internacional