PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
11 meses

Esquiador sofre ataque de urso e é resgatado de helicóptero no Alasca

Esquiador é resgatado via helicóptero próximo da cidade de Haines, no Alasca - Reprodução/U.S. Coast Guard
Esquiador é resgatado via helicóptero próximo da cidade de Haines, no Alasca Imagem: Reprodução/U.S. Coast Guard

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/02/2021 09h53

Um esquiador que participava de uma excursão de esqui em grupo próximo a Haines, no Alasca, encontrou acidentalmente a toca de um urso-pardo e acabou sendo atacado no sábado (6).

Com ferimentos na cabeça e nas mãos, o homem foi resgatado por um helicóptero da Guarda Costeira dos Estados Unidos, que o içou em segurança acima do trecho montanhoso. De acordo com comunicado, a vítima estava na companhia de outros dois esquiadores.

O grupo se encontrava a 16 quilômetros a noroeste de Haines, em uma altitude de 500 metros. Um resgatador usou uma maca para içar o esquiador ferido, enquanto os demais estavam bem e não precisaram de ajuda para descerem a montanha.

O homem ferido no ataque teve sorte de não estar desacompanhado, pois os seus companheiros de esqui ajudaram a estancar seus ferimentos e acionaram as autoridades utilizando um dispositivo GPS, enviando as coordenadas exatas de onde estavam.

"Eles tinham um tecido de cores vivas para sinalizar o helicóptero quando nos aproximamos. Isso foi absolutamente crucial para encontrá-los em tempo hábil", informou o co-piloto que fez o resgate, Will Sirokman.

O esquiador atacado pelo urso foi encaminhado até a cidade de Juneau e no trajeto recebeu primeiros socorros para os ferimentos nas mãos e na cabeça. "A condição do homem não é conhecida pela Guarda Costeira no momento, mas ele estava respondendo e falando na ocasião do resgate", disse a entidade em comunicado.

Internacional