PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Por que mulher foi multada por usar meia branca e vermelha em Belarus

Cores de meias fizeram mulher ser multada em Belarus - Reprodução/TUT.BY
Cores de meias fizeram mulher ser multada em Belarus Imagem: Reprodução/TUT.BY

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/05/2021 11h31

Natalia Sivtsova-Sedushkina foi multada em Belarus após ter usado um par de meias com as cores vermelha e branca. Ela se dirigia a uma aula de direção quando foi parada por quatro homens, que disseram que ela estava vestida de maneira imprópria. Isso devido ao fato de que vermelho e branco são cores associadas à oposição no país.

Segundo a BBC, Natalia também foi acusada de fazer um sinal de V de Vitória para motoristas que passavam, que responderam à saudação.

Uma juíza condenou a mulher a pagar uma multa de 2320 rublos — equivalente a mais de R$ 4 mil. Ela foi processada com base em uma lei que proíbe "protestos não autorizados".

A loja onde ela comprou as meias parou de vendê-las, apesar de ainda disponibilizar outras similares, mas com listras pretas.

No ano passado, o país foi tomado de protestos por conta da reeleição do presidente do país, Alexander Lukashenko, em um pleito cercado de acusações de fraude. Desde então, o governo tem trabalhado para reprimir manifestações contrárias à atual administração.

Internacional