PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Polícia acha túnel ligado a El Chapo em frente à Guarda Nacional Mexicana

Túnel encontrado em Tijuana, no México, e ligado ao grupo de narcotraficantes chefiado por El Chapo, foi equipado com ventilação e trilhos - Reprodução/The Mexico News Daily
Túnel encontrado em Tijuana, no México, e ligado ao grupo de narcotraficantes chefiado por El Chapo, foi equipado com ventilação e trilhos Imagem: Reprodução/The Mexico News Daily

Do UOL, em São Paulo

09/05/2021 14h02

A polícia do México encontrou um túnel de pelo menos 200 metros na cidade de Tijuana e que acredita ser obra do grupo do narcotraficante Joaquin El Chapo Guzman, que está preso desde 2019.

O túnel foi encontrado em uma casa em frente a uma base da Guarda Nacional Mexicana. Ele não tinha conexão do lado dos Estados Unidos, mas foi construído ao lado de outro túnel descoberto em 2019 pelas autoridades.

Segundo informações do "The Mexico News Daily", o local foi descoberto depois que um pacote de maconha foi encontrado na rua em frente à casa. Uma busca nas casas revelou cabos elétricos prontos para serem instalados no túnel, que tinha sistemas de iluminação e ventilação, além de trilhos já instalados.

A suspeita é de que o grupo tenha construído o novo túnel para ligá-lo ao antigo, localizado em San Diego e que foi desativado.

A Agência Antidrogas dos Estados Unidos estima que haja mais de 13.000 túneis de narcotráfico no México, a maioria deles em território controlado pelo Cartel de Sinaloa.

Segundo a agência, El Chapo foi o mentor da construção dos túneis, que chegam a 450 metros de comprimento. Eles foram usados para transportar drogas, dinheiro, migrantes e em fugas. Nos últimos três anos, autoridades mexicanas encontraram 200 túneis ligados ao narcotráfico no país.

El Chapo, considerado um dos maiores narcotraficantes do México, foi extraditado para os Estados Unidos e condenado à prisão perpétua em 2019. Ele cumpre pena em uma prisão de segurança máxima no Colorado.

Internacional