PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Arqueólogos quebram sem querer raro ovo de mil anos achado em Israel

Ovo milenar na mão de um dos responsáveis pela escavação - Reprodução/Facebook/Israel Antique
Ovo milenar na mão de um dos responsáveis pela escavação Imagem: Reprodução/Facebook/Israel Antique

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/06/2021 10h55Atualizada em 11/06/2021 13h47

Uma equipe de arqueólogos descobriu um ovo com cerca de mil anos durante escavações na cidade de Yavne, em Israel. Entretanto, após passar um milênio intacto, o ovo sofreu uma rachadura ao longo da análise dos cientistas e se estilhaçou.

A supervisora das escavações, Alla Nagorsky, disse que a equipe ficou em choque ao encontrar o ovo intacto no decorrer da pesquisa. "De vez em quando encontramos fragmentos de cascas de ovo, mas um ovo inteiro é incrível", salientou.

Conforme publicado pela Israel Antique Authority, os cientistas creem que o ovo é de uma galinha que viveu no período islâmico da região, quando a criação de porcos foi reduzida. Ele estava em uma fossa de 1,3 metro de profundidade ao lado de outros resíduos, datados entre os séculos 7 e 11, que contribuíram para sua preservação.

"Mesmo hoje, os ovos raramente sobrevivem por muito tempo nas caixas dos supermercados. É incrível pensar que este é um achado de 1.000 anos!", destacou Nargorsky.

Entretanto, mesmo após retirar a descoberta do sítio cuidadosamente e transportá-lo para um laboratório, os arqueólogos involuntariamente causaram uma rachadura que quebrou o ovo.

Ao menos, segundo o Dr. Lee Perry Gal, arqueólogo especializado na criação de aves da Idade Antiga, um pouco da gema remanesceu na casca após a quebra. Com isso, os cientistas poderão analisar o DNA do ovo milenar.

Entrevistada pela revista Paris Match, Nargorsky lamentou a quebra acidental, mas viu certa licença poética nela, já que em algum momento o ovo seria rachado para o estudo de seu interior.

Segundo a Israel Antique Authority, um especialista foi acionado e já juntou os cacos do ovo e o restaurou de volta ao "estado em que foi encontrado".

Internacional