PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Pai salva filha e diz que usou técnicas que aprendeu com 'The Office'

Pai disse que cena do seriado "The Office" o ajudou a salvar filha - Reprodução/Youtube
Pai disse que cena do seriado 'The Office' o ajudou a salvar filha Imagem: Reprodução/Youtube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/06/2021 17h56Atualizada em 25/06/2021 09h39

O norte-americano Matt Uber, de 46 anos, encontrou sua filha Vera, de 4, desmaiada em um cômodo da casa da família. Sem nenhum conhecimento médico oficial, ele realizou uma técnica de reanimação cardiorrespiratória na menina com a ajuda de um professor inusitado: a versão dos EUA de "The Office", exibida pela NBC entre 2005 e 2013.

"Quando eu estava pensando no que sabia sobre reanimação, minha cabeça foi direto para um episódio do 'The Office', no qual eles fazem um treinamento com compressões ao ritmo de 'Stayin' Alive'", contou ele à mesma emissora que transmitia a série, estrelada por Steve Carell.

No episódio em questão, intitulado "Stress Relief", Michael Scott, o personagem de Carell, prepara um curso de reanimação.

Segundo Uber, o incidente aconteceu enquanto ele e a criança estavam brincando de pega-pega. "Ela se enrolou em um canto. Eu assumi que ela tinha tropeçado e batido a cabeça. Quando peguei ela do chão, os olhos dela estavam meio que para trás", declarou.

O homem pediu então que sua filha mais velha, Nora, ligasse para a emergência, enquanto ele realizou o procedimento na pequena.

Mais tarde, no hospital, médicos constataram que a menina teve uma parada cardíaca. Eles descobriram que ela sofre de uma condição rara que causa arritmia em crianças, e sugeriram implantar um dispositivo de desfibrilação, que dispara uma carga elétrica no coração caso ele pare.

"Ela está se sentindo normal, feliz, causando problemas como qualquer criança de quatro anos deveria", afirmou Uber.

Já sua esposa, Erin, disse que a menina, às vezes, fala sobre o aparelho. "Ela fala ocasionalmente: 'Mamãe, eu não queria mesmo ter essa caixa de força', que é do que estamos chamando ele".

Internacional