PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Psicóloga e sex coach é morta pelo marido e jogada de prédio na Rússia

Marido de Alexandra Mursalova, de 25 anos, Rustam Mursalov, de 24, confessou o crime - Reprodução/Facebook
Marido de Alexandra Mursalova, de 25 anos, Rustam Mursalov, de 24, confessou o crime Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

22/09/2021 12h05Atualizada em 23/09/2021 08h58

Uma psicóloga e coach em sexualidade foi morta a facadas pelo marido e jogada do 13º andar de um prédio em São Petersburgo, na Rússia.

Segundo as investigações, Alexandra Mursalova, de 25 anos, foi morta pelo marido, Rustam Mursalov, de 24, que alegou ciúmes como motivação. Ele se entregou e confessou o crime. As informações são do jornal "Daily Star".

O casal tinha dois filhos. Há alguns dias ela postou em suas redes sociais que o marido ficava "furioso" por questões ligadas ao seu trabalho, principalmente por sua remuneração ser alta.

De acordo com a publicação, na noite de ontem, Rustam foi ao prédio onde a mulher mora e a teria visto com outro homem. Houve uma briga e o outro homem correu, deixando Rustam e Alexandra sozinhos. Ele então deu dez facadas na esposa.

No dia 15 de setembro, Alexandra escreveu que ele havia ameaçado matar ela e os filhos, que têm 2 e 7 anos de idade.

"Ele bateu na porta, dizendo que mataria a mim e às crianças e depois pularia. Juntei as crianças e troquei de apartamento, mas desde então ele vem todas as noites, bate na porta, chama o interfone, nos acorda e assusta as crianças", escreveu ela nas redes sociais.

Não se sabe se ela já tinha denunciado o marido à polícia. Em outas postagens, ela comentou que durante o último verão, que na Rússia acontece entre 1 de junho e 31 de agosto, "o relacionamento foi simplesmente fantástico". "Nosso melhor período de todos os tempos", escreveu ela, que comentou que o casal chegou a fazer terapia junto.

No entanto, pouco tempo depois, os problemas voltaram. "Hoje meu marido disse que o dinheiro estraga tudo e um dia terei que escolher, ele ou o dinheiro. Amo meu marido, mas não estou pronta para desistir de meus desejos e sonhos", ela postou.

Para a polícia, o crime foi premeditado. Rustam está preso e o Comitê de Investigação Russo está investigando o caso.

Internacional