PUBLICIDADE
Topo

Guerra da Rússia-Ucrânia

Notícias do conflito entre Rússia e Ucrânia


Conteúdo publicado há
4 meses

Espaço aéreo da Ucrânia fica vazio com o fechamento do país para voos

Do UOL, em São Paulo

24/02/2022 11h33

O espaço aéreo da Ucrânia ficou completamente vazio hoje após o governo ucraniano anunciar o fechamento do país para o recebimento de voos, segundo monitoramento ao vivo feito pela plataforma FlightRadar24.com.

De acordo com o site, aeronaves que precisam passar pela região estão contornando a Ucrânia por corredores ao norte do país. Durante a madrugada de hoje (no horário de Brasília), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, iniciou uma operação militar para invadir o país vizinho.

A EASA (Agência de Segurança da Aviação da União Europeia) disse que o espaço aéreo na Rússia e na Bielorrússia dentro de 100 milhas náuticas de suas fronteiras com a Ucrânia também pode representar riscos de segurança. "Em particular, existe o risco de direcionamento intencional e identificação errônea de aeronaves civis", disse a agência em um boletim.

"A presença e o possível uso de uma ampla gama de sistemas de guerra terrestres e aéreos representam um alto risco para voos civis operando em todas as altitudes e níveis de voo", completa o comunicado.

Mapa Ucrania - Arte/ UOL - Arte/ UOL
Imagem: Arte/ UOL

Próximas à Ucrânia, a Moldávia também fechou hoje seu espaço aéreo e Belarus, uma parte do seu, devido à invasão russa. "O espaço aéreo será fechado a partir das 12h [7hde Brasília]. Os voos serão desviados para outros aeroportos", disse o vice-primeiro-ministro da Moldávia, Andrei Spinu, no Telegram, justificando a medida pela "situação na região".

Por sua vez, o ministério da Defesa de Belarus anunciou o fechamento do seu espaço aéreo sobre a fronteira ucraniana, no sul do país, a partir das 9h GMT (6h de Brasília), para "garantir a utilização segura do espaço aéreo".