PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
2 meses

EUA: Mulher presa com fita adesiva em assento de avião recebe multa recorde

Mulher foi presa a assento com fita adesiva em voo nos EUA; ela recebeu maior multa da história - Reprodução/TikTok
Mulher foi presa a assento com fita adesiva em voo nos EUA; ela recebeu maior multa da história Imagem: Reprodução/TikTok

UOL, em São Paulo

14/04/2022 14h42Atualizada em 14/04/2022 14h42

Uma passageira recebeu a maior multa da história da FAA (Administração da Aviação Federal dos Estados Unidos) após atacar a tripulação e tentar abrir a porta de uma aeronave em pleno voo. Para piorar, ela teve de ser presa a um assento com fita adesiva. O caso ocorreu em julho de 2021.

A FAA multou a mulher em US$ 81.850, aproximadamente R$ 386 mil reais na cotação atual, após ela protagonizar a confusão. O trajeto do voo da American Airlines, que saiu de Dallas, no Texas, e foi até Charlotte, na Carolina do Norte, demora cerca de 2h para ser realizado de avião.

No conturbado voo, a mulher caiu no corredor da aeronave e ameaçou um membro da tripulação que ofereceu ajuda. Após isso, ela tentou abrir a porta da cabine e foi impedida.

A quantia a ser paga conseguiu superar a multa de US$ 77.272, aproximadamente R$ 365 mil reais, de um caso que também ocorreu em julho do ano passado. Na ocasião, um homem tentou abrir a porta do avião várias vezes e mordeu outro passageiro.

Pete Buttigieg, secretário de Transportes dos Estados Unidos, pediu para que, "se você estiver em um avião, não seja um idiota e não coloque em risco a tripulação e outros passageiros".

Homem apanha após tentar abrir porta do avião

Recentemente, um lutador de jiu-jitsu impediu, junto com membros da tripulação, um passageiro descontrolado de abrir a porta do avião. O voo percorria o trajeto entre Doha, no Qatar, e Casablanca, em Marrocos.

Internacional