PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Jovem chinês desvenda equação matemática que intrigava grupo de PhDs

Wei Dongyi, 30, ganhou notoriedade na China anteriormente por seus prêmios em matemática. - Reprodução
Wei Dongyi, 30, ganhou notoriedade na China anteriormente por seus prêmios em matemática. Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/05/2022 12h59

Considerado o novo gênio do momento, um jovem chinês resolveu em apenas uma noite um problema matemático complexo que havia gerado dor de cabeça para uma equipe de pesquisadores com PhDs, que passou quatro meses tentando solucionar a mesma questão.

Wei Dongyi, 30, agora apelidado de "God Wei" ("Deus Wei", em tradução livre), é um professor assistente de matemática na Universidade de Pequim. Ele é conhecido por ser admitido na instituição sem fazer o gaokao, que é o vestibular da China, reconhecido como um dos exames mais difíceis do mundo - anualmente recebe 10 milhões de estudantes que tentam obter acesso a 6,6 milhões de vagas universitárias.

De acordo com informações do jornal South China Morning Post, um grupo de matemáticos passou meses tentando desenvolver um novo modelo de equação que, aparentemente, se mostrou indecifrável. Durante muito tempo, nenhum dos especialistas conseguiu resolver o problema.

Então, Wei entrou em cena para ajudá-los e forneceu a eles suas próprias equações em relação ao modelo. Quando elas foram aplicadas ao experimento, a equipe conquistou uma taxa de aprovação de 96%.

Além de ter contribuído para o sucesso do modelo matemático, Wei teve o extraordinário raciocínio matemático reconhecido pelos cientistas, que tentaram recompensá-lo com dinheiro. No entanto, ele recusou.

"É desnecessário me pagar por um problema tão fácil", declarou Wei.

Mesmo após as insistências dos pesquisadores, o jovem acabou solicitando apenas a recarga de seu cartão de transporte como forma de compensação.

Celebridade na China

Wei Dongyi já tinha conquistado as manchetes da imprensa chinesa anteriormente em virtude de suas outras notáveis realizações. Além de sua capacidade intelectual tê-lo ajudado a driblar o gaokao, ele também ganhou duas medalhas de ouro consecutivas na Olimpíada Internacional de Matemática durante o ensino médio.

Ele também recusou uma oferta de estudar na Universidade de Harvard como Ph.D., com isenção de língua inglesa e apoio de um intérprete, informou o jornal Shandong Business News.

Segundo um porta-voz da Universidade de Pequim, Wei recebeu seu bacharelado em matemática em 2014 e obteve seu Ph.D. no mesmo campo quatro anos depois. Para Chen Dayue, reitor da instituição, não é uma surpresa que um intelectual com o histórico e as capacidades de Wei possa resolver um quebra-cabeça matemático, pois ele é inteligente e muito focado em todos os projetos nos quais se envolve.

Além do carisma, ele ganhou a admiração de muitas pessoas pela sua disciplina e humildade, pois dedica-se bastante aos estudos e trabalhos desenvolvidos na universidade, mas prefere um estilo de vida simples, sem comidas sofisticadas ou roupas caras.

Internacional