PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Ladrões surpreendem e roubam diamante à luz do dia em feira holandesa; veja

Dois dos ladrões foram presos; ninguém da exposição acabou se ferindo - Reprodução/Twitter
Dois dos ladrões foram presos; ninguém da exposição acabou se ferindo Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

29/06/2022 10h04Atualizada em 29/06/2022 10h04

Ladrões armados roubaram ontem um diamante em uma feira de arte internacional em plena luz do dia, em Maastricht, na Holanda. O local chegou a ser evacuado, mas os visitantes voltaram à Tefaf (Fundação Europeia de Belas Artes) quando a polícia verificou que a situação estava sob controle, segundo o jornal britânico The Guardian. Dois belgas, de 22 e 26 anos, foram presos.

Em vídeos publicados nas redes sociais, é possível ver quatro homens de boina e blazer quebrando uma caixa de joias com uma marreta na frente de vários visitantes, que ficaram assustados. Mesmo com o alarme tocando, eles não deixaram de roubar o que queriam.

Um visitante chegou a pegar um vaso de flores para tentar intervir na situação, mas recuou após apontarem a arma para ele. Apesar disso, ninguém se feriu.

Win Coenen, porta-voz da polícia de Limburg, confirmou a prisão de parte do grupo. "Uma barraca foi invadida, eles fugiram e começamos a busca. Havia quatro suspeitos, dois foram presos".

De acordo com a imprensa local, a vitrine cobiçada e quebrada pelos ladrões continha joias com diamantes da marca londrina Symbolic & Chase. A polícia ainda não confirmou qual o prejuízo desse roubo, mas joias acabaram sendo levadas.

A Tefaf é considerada uma das maiores da Europa e possui centenas de obras valiosas, como um desenho do século 17 de um velho artista holandês à venda por 1 milhão de euros (R$ 5,5 milhões na cotação atual).

Bart Drenth, gerente geral da feira, contou que os donos do estande destruído ficaram "chocados". Ele explicou que o protocolo de segurança do local funcionou, mesmo com os ladrões terem conseguido entrar e roubar. Já outro porta-voz acreditou que o trabalho rápido da segurança foi importante para desarmar um dos homens.

Internacional