Conteúdo publicado há 10 meses

Magnata russo é achado morto em escritório em Moscou; amigo cita homicídio

O magnata russo Anton Cherepennikov, empresário do ramo de tecnologia, foi encontrado morto aos 40 anos dentro de seu escritório, em Moscou, no sábado (22). As informações são do Daily Mail.

O que aconteceu:

A imprensa russa disse que o empresário teria morrido em decorrência de uma parada cardíaca, mas um amigo dele sugeriu que ele teria sido assassinado.

"Não acredito que o Cherepennikov morreu de parada cardíaca", declarou o amigo, identificado como Vasily Polonsky, que cobrou uma investigação sobre a morte do magnata.

As autoridades da Rússia deverão realizar novos exames no corpo de Anton para averiguar a causa da morte do empresário.

Cherepennikov era o chefe da ICS Holding. Ele foi o responsável por fundar um grupo tecnologia no país que, supostamente, seria utilizado para rastrear os usuários de internet na Rússia.

O empresário também era o dono da maioria dos sistemas de escuta telefônica e armazenamento de tráfego de internet na Rússia.

Anton Cherepennikov figurava na lista de personalidades da Rússia alvos de sanções dos Estados Unidos.

Mortes suspeitas

A morte de Anton Cherepennikov é a décima terceira envolvendo magnatas russos que foram encontrados sem vida de forma suspeita. Recentemente, a empresária Natalia Bochkareva, filho de um aliado do presidente russo Vladimir Putin, foi encontrada morta dentro do próprio apartamento, em Moscou.

Continua após a publicidade