Conteúdo publicado há 6 meses

Suspeito de matar executiva de tecnologia listada na Forbes é preso nos EUA

A polícia de Baltimore, estado de Maryland, nos EUA, prendeu hoje o suspeito de matar a executiva Pava Marie LaPere, 26, CEO da EcoMap Technologies.

O que se sabe:

O delegado dos EUA, Albert Maresca Jr., confirmou hoje a prisão de Jason Dean Billingsley, 32, em uma estação de trem em Bowie, Maryland, à TV WBAL, afiliada da NBC News.

A polícia de Baltimore disse que planeja anunciar detalhes da prisão do suspeito em uma entrevista coletiva hoje, às 11h (13h horário de Brasília). Nenhum outro comentário adicional foi divulgado e a polícia não respondeu aos demais pedidos de informações da NBC News.

Billingsley era procurado pelo assassinato de LaPere. A polícia e o US Marshals Service lançaram uma caçada a Billingsley, que também era procurado por conexão com uma tentativa de homicídio e estupro no início deste mês.

O Departamento de Polícia de Baltimore chegou a oferecer uma recompensa de R$ 30 mil (US$ 6 mil) para quem pudesse oferecer pistas sobre o paradeiro do suspeito.

LaPere foi encontrada morta na manhã de segunda-feira (25), em seu apartamento, em Baltimore. Este ano, a jovem foi listada na categoria de impacto social pela revista Forbes. Ela foi apontada como uma das 30 pessoas com menos de 30 anos que revolucionaram o mundo dos negócios.

Segundo a polícia, o corpo tinha sinais de "traumatismo contundente". Não há informações se a executiva havia recebido alguém em seu apartamento antes do crime, mas a polícia declarou que ela era solteira, conforme apurou o jornal The New York Times.

Billingsley já era fichado como criminoso sexual no Departamento de Correções do Condado de Baltimore, com passagens por agressão e estupro.

Em 2009, declarou-se culpado de agressão de primeiro grau e, em 2011, de agressão de segundo grau.

Continua após a publicidade

Em 2015, ele confessou sua culpa em um estupro e foi condenado a 30 anos de prisão, mas acabou liberado em outubro do ano passado, segundo o Departamento de Correções.

Deixe seu comentário

Só para assinantes