Conteúdo publicado há 4 meses

Explosão em ponte que liga EUA ao Canadá deixa 2 mortos; FBI investiga

Um carro explodiu em uma ponte que liga os EUA ao Canadá, na tarde de hoje, na região das Cataratas do Niágara, no estado de Nova York.

O que aconteceu

De acordo com a mídia local, duas pessoas que estavam no veículo morreram na explosão. Um guarda de fronteira e um pedestre teriam ficado feridos.

Todas as quatro pontes que ligam os EUA ao Canadá foram fechadas, informou o Corpo de Bombeiros de Nova York.

A explosão aconteceu na Rainbow Bridge. O veículo atravessava a ponte em direção ao lado norte-americano.

A mídia local afirma que o veículo tinha acabado de passar pelo controle de fronteira e foi selecionado para uma segunda verificação. Nesse momento, o carro teria acelerado, colidindo com uma barreira e explodiu.

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, definiu o incidente como "muito grave" e disse que o caso está sendo levado "extremamente a sério". "Medidas adicionais estão a ser contempladas e ativadas em todas as passagens de fronteira do país. Estamos levando isso extremamente a sério".

A Casa Branca disse que está "monitorando de perto a situação".

O Aeroporto Internacional de Buffalo/Niágara suspendeu as chegadas e partidas após o incidente. Os carros que chegam ao local são submetidos a verificações de segurança, e os passageiros também podem ser abordados.

A polícia local também teria recebido a informação sobre uma ameaça de bomba na Peace Bridge, que fica na mesma região, de acordo com o Mirror

Continua após a publicidade

O FBI disse que está investigando o caso. "Esta situação é muito fluida, é tudo o que podemos dizer neste momento".

A governadora de Nova York, Kathy Hochul, disse, pelo "X" - antigo Twitter -, que a Força Tarefa contra o Terrorismo do FBI monitora o caso.

O ministro da Segurança Pública do Canadá, Dominic LeBlanc, classificou o incidente como "fonte de preocupação", segundo o jornal britânico The Guardian. "É uma fonte de preocupação para o governo do Canadá e para os Estados Unidos, por isso estamos levando esta circunstância muito a sério, mas especular sobre a origem desta circunstância específica? quando não temos informações confiáveis

Deixe seu comentário

Só para assinantes