Conteúdo publicado há 3 meses

Idoso de 68 anos é preso na Coreia do Sul por elogiar Pyongyang em poema

Um tribunal sul-coreano condenou um homem de 68 anos a 14 meses de prisão por elogiar a Coreia do Norte em um poema.

O que se sabe

Lee Yoon-seop foi condenado sob uma lei que proíbe elogios públicos à Coreia do Norte. Ele defendeu a unificação das Coreias em um poema publicado na mídia estatal do Norte em 2016, segundo informações da imprensa sul-coreana.

Ele escreveu que, se as duas Coreias se unissem sob o sistema socialista de Pyongyang, as pessoas teriam habitação, cuidados de saúde e educação gratuitos.

No poema intitulado "Meios de Unificação", Lee também argumentou que, numa Coreia unida, menos pessoas tirarão a própria vida ou viverão endividadas. O poema foi um dos vencedores de um concurso de poesia, em novembro de 2016, segundo apurou a BBC.

Lee foi preso por 10 meses no passado por um crime semelhante. Na decisão divulgada hoje, um tribunal de Seul disse que ele "continuou a gerar e disseminar uma quantidade considerável de propaganda que glorificava e elogiava o Norte", informou o jornal Korea Herald.

Ele postou comentários online elogiando os militares da Coreia do Norte em 2013, e postou conteúdo "antigovernamental" em blogs e sites sul-coreanos nos anos seguintes.

A Lei de Segurança Nacional da Coreia do Sul proíbe o elogio e a promoção de organizações "antigovernamentais".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora