Conteúdo publicado há 22 dias

Policial que escoltava premiê da Hungria na Alemanha morre após acidente

Um oficial de polícia que fazia a escolta do primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, morreu na manhã desta segunda-feira (24) após um acidente de trânsito na Alemanha.

O que aconteceu

Motocicletas escoltavam veículos da comitiva húngara em Stuttgart, na Alemanha, quando foram atingidas por um carro. Com o impacto, um agente da polícia de Stuttgart de 61 anos morreu e outro ficou gravemente ferido.

Carro bateu em uma moto da escolta do primeiro-ministro. Um homem avançou em um cruzamento e colidiu contra a moto de um agente de 61 anos que, com a força do impacto, atingiu outro policial de 27 anos, de acordo com a polícia de Stuttgart.

Homem morreu no hospital, e outro atingido segue sob cuidados médicos, informou a polícia. Uma investigação foi instaurada pela Polícia de Ludwigsburg para apurar o que motivou a colisão e vai acionar testemunhas.

Premiê húngaro não foi atingido. De acordo com Embaixada da Hungria, o primeiro-ministro está bem e conseguiu seguir viagem junto com a comitiva.

A comitiva do premiê estava na Alemanha para acompanhar um jogo da Eurocopa, entre Hungria e Escócia. A partida aconteceu no domingo (23). Nesta segunda-feira (24), o primeiro-ministro seguia ao aeroporto com escolta policial. Ninguém da equipe de Orbán se feriu e o primeiro-ministro seguiu com agenda durante o dia.

Estamos profundamente chocados com o acidente de nossos colegas. As trágicas circunstâncias da morte de nosso valioso colega nos deixam atordoados e atingem profundamente toda a força policial de Stuttgart. Nossos pensamentos estão com sua família, seus parentes e amigos. Enviamos nossos melhores votos de recuperação aos nossos colegas que também ficaram gravemente feridos no acidente.
Markus Eisenbraun, chefe de polícia de Stuttgart, em nota

Deixe seu comentário

Só para assinantes