Topo

Vazão das Cataratas do Iguaçu passa de 6 milhões de litros por segundo

Por conta das chuvas no Paraná, Cataratas do Iguaçu atingiram vazão quatro vezes maior que a média  - Reprodução/Facebook
Por conta das chuvas no Paraná, Cataratas do Iguaçu atingiram vazão quatro vezes maior que a média Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

01/06/2019 17h56

A vazão das Cataratas do Iguaçu, localizadas em Foz do Iguaçú (PR), atingiu hoje mais de 6 milhões de litros de água por segundo. O número é quatro vezes maior que a vazão média das quedas d'água, de cerca de 1,5 milhão de litros de água por segundo.

A grande quantidade de água é reflexo das fortes chuvas que atingem o estado desde o começo da semana. Às 16h de hoje, a Copel (Companhia Paranaense de Energia) informou que a vazão estava em 6,07 milhões de litros de água. Apesar do número expressivo, a tendência é de queda desde as 11h.

A usina hidrelétrica de Itaipu, igualmente localizada em Foz do Iguaçu, também viu seu fluxo de água aumentar - Reprodução/ Itaipu Binacional
A usina hidrelétrica de Itaipu, igualmente localizada em Foz do Iguaçu, também viu seu fluxo de água aumentar
Imagem: Reprodução/ Itaipu Binacional
A usina hidrelétrica de Itaipu, igualmente localizada em Foz do Iguaçu, também viu seu fluxo de água aumentar. Por conta do alto volume, a hidrelétrica teve de abrir seu vertedouro -- estrutura hidráulica utilizada para controle de vazão --, fato que não acontecia há sete meses.

Segundo dados da empresa, o vertimento passou, na manhã de hoje, de 1,3 milhão de litros de água por segundo, valor próximo à média das Cataratas do Iguaçu.

Meio Ambiente