PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

Rainha Elizabeth II cobra mais ação dos países no combate à crise climática

01/11/2021 21h58

Glasgow (R.Unido), 1 nov (EFE).- A rainha Elizabeth II pediu nesta segunda-feira aos líderes e delegados presentes na 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26) que acontece em Glasgow, na Escócia, que unam forças para combater a crise climática com compromissos concretos.

"É necessário reconhecer que o tempo para palavras acabou, é hora da ação", disse a rainha de 95 anos - que não participou presencialmente da reunião sobre o clima por recomendação médica -, em uma mensagem de vídeo pré-gravada.

"Os benefícios dessas ações não estarão lá para desfrutarmos hoje: nenhum de nós viverá para sempre. Mas não fazemos isso não por nós próprios, mas pelos nossos filhos e os filhos dos nossos filhos", declarou.

A rainha expressou sua esperança de que os líderes que têm a responsabilidade de estabelecer os objetivos ambientais de seus países para as próximas décadas consigam "superar a política do momento" e tomar decisões com o futuro em mente.

"Ninguém entre nós subestima os desafios que enfrentamos, mas tem demonstrado que quando as nações se unem em uma causa comum sempre há espaço para esperança", disse Elizabeth II, que em 2022 celebrará sete décadas no trono. EFE

Meio Ambiente