Decisão que suspendeu depoimento de Lula será analisada no dia 23

Do UOL, em São Paulo

  • Jorge Araújo/Folhapress

    O ex-presidente Lula em reunião com políticos do PT na última segunda-feira (15)

    O ex-presidente Lula em reunião com políticos do PT na última segunda-feira (15)

A decisão que suspendeu o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Ministério Público do Estado de São Paulo, nesta quarta-feira (17), será analisada na próxima terça-feira (23) durante a 4ª Sessão Ordinária do plenário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), segundo nota oficial divulgada na tarde desta quarta pelo conselho.

A suspensão do depoimento de Lula, e também do de sua mulher, Marisa Letícia, ocorreu por decisão do conselheiro Valter Shuenquener, do CNMP, que deferiu parcialmente liminar ante o pedido do deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP).

Com a decisão liminar, fica suspensa a prática de qualquer ato pelo promotor de Justiça do Ministério Público de São Paulo Cássio Roberto Conserino no campo da investigação sobre apartamento que estaria reservado para o casal em um prédio em Guarujá, no litoral sul paulista. Lula e Marisa seriam ouvidos por Conserino, que conduz esta investigação.

O conselheiro Shuenquener também determinou, em sua decisão, que Conserino e o procurador-geral de Justiça do Ministério Público de São Paulo, Márcio Fernando Elias Rosa, prestem informações ao CNMP no prazo de 15 dias.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos