Pezão prorroga contrato e gastará até R$ 1,1 milhão com jatinho

Vinicius Konchinski

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Divulgação/Facebook

    Foto de divulgação da empresa Líder Táxi Aéreo; o modelo não é necessariamente o que será usado pelo governador

    Foto de divulgação da empresa Líder Táxi Aéreo; o modelo não é necessariamente o que será usado pelo governador

O governo do Rio de Janeiro acertou nesta quarta-feira (28) a prorrogação por um ano do serviço de táxi aéreo para o governador, Luiz Fernando Pezão (PMDB). Com a alteração, o Estado –que está em calamidade pública por falta de recursos— gastará até R$ 1,1 milhão com o aluguel de jatinhos.

O extrato da prorrogação do contrato firmado ainda em 2012 com a empresa Líder Táxi Aéreo foi publicado na quinta-feira (29) no Diário Oficial do Estado.

O governo informou que o jatinho é necessário "em casos de viagens emergenciais, para que o governador possa cumprir compromissos oficiais".

Reprodução
Diário Oficial divulga prorrogação de contrato de serviço de táxi aéreo

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa do governo, o destino mais frequente das viagens de Pezão é Brasília, "onde o governador tem atuado para tentar solucionar a grave crise que atinge o estado".

Procurada pelo UOL, a Líder Táxi Aéreo informou que não é política da empresa comentar contratos.

Contrato da era Cabral

A Líder presta serviços ao governo do Rio desde 2007, ano da posse de Sergio Cabral (PMDB). O ex-governador está preso desde novembro acusado de comandar um esquema de corrupção em obras públicas executadas nos seus dois mandatos.

Em 2012, a Líder venceu uma nova licitação para voltar a prestar serviços de táxi aéreo ao governo estadual. Naquela época, Cabral ainda era governador. Ele usou a Copa do Mundo e a Olimpíada como justificativa para o aluguel de aeronaves privadas.

Aline Massuca/Valor Econômico
5.mar.2012 -- Luiz Fernando Pezao, vice-governador do RJ à época, desce do helicoptero em Bom Jesus do Itabapoana, RJ, durante lançamento do programa social

"Nos próximos anos serão realizados no Estado [Rio de Janeiro], três grandes eventos de destaque mundial: Copa das Confederações em 2013, Copa do Mundo em 2014 e Olimpíada em 2016", informava a licitação lançada em 2012. "Desta forma, o Chefe do Poder Executivo Estadual [o governador] a fim de planejar, acompanhar, administrar e fiscalizar todos os empreendimentos e eventos em andamento (…) necessita de agilidade, rapidez e estrutura nos diversos deslocamentos a serem realizados dentro do próprio Estado, pelo país e em viagens internacionais."

Esse contrato de 2012 já foi modificado por seis aditivos, incluindo o assinado nesta semana. Quando o acordo foi fechado, o governo estimava gastar R$ 3,5 milhões com o aluguel de jatinhos. Desde então, já comprometeu R$ 6 milhões com viagens em aeronaves particulares, de acordo com Portal da Transparência da Secretaria Estadual de Fazenda do Rio.

Governo diz conter gastos

Não entram nesses R$ 6 milhões o R$ 1,1 milhão da prorrogação firmada agora. O governo ressaltou, porém, o gasto com jatinhos está sendo cortado.

"A partir do agravamento da crise econômica, em 2015, o contrato tem sido reduzido, gradativamente, passando de aproximadamente R$ 3,6 milhões para R$ 1,1 milhão, o que representa um corte de cerca de 70%", declarou em nota.

Enquanto o governo aumenta seus gastos com jatinhos, o Estado do Rio vive uma grave crise financeira. Para tentar reverter o quadro, o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), sucessor de Cabral, enviou ao à Assembleia Legislativa do Estado uma série de projetos de lei para corte de gastos.

As propostas motivaram protestos de servidores estaduais e geraram até confrontos. Os funcionários públicos estaduais não têm recebido seus salários em dia. Até agora, não receberam o 13º salário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos