Não quero barulho, quero votos, diz Jovair sobre disputa na Câmara

Nathan Lopes

Do UOL, em Brasília

  • Maryanna Oliveira 13.mai.2015/ Câmara dos Deputados

    Deputado Jovair Arantes (à dir.) concorre à presidência da Câmara

    Deputado Jovair Arantes (à dir.) concorre à presidência da Câmara

Apesar de a bancada do PMDB --a maior da Câmara-- ter fechado, em sua maioria, com o deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a eleição da presidência da Câmara, o deputado Jovair Arantes (PTB-GO) disse que não quer barulho, quer votos. Ele esteve presente na reunião da bancada do PMDB na Câmara nesta terça-feira (31).

"Meu adversário disse que ganharia com 360 votos. Agora já está entendendo que a realidade é outra, que o voto é pessoal, dos deputados".

Segundo Jovair, "só se ganha a eleição no dia da eleição". "Não dá para apurar antes", declarou. Para o parlamentar, que foi relator do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara, ele terá os votos para ser o novo presidente da Casa. "Estamos conseguindo esses votos. Eu vou ter maioria dos votos. Do PMDB também."                      

Pouco depois, Maia chegou para a reunião do PMDB. Ele cumprimentou um a um os deputados peemedebistas ao chegar à sala onde ocorre a reunião na Câmara dos Deputados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos