Topo

Aprovado PL que torna crime estimular fenômenos como jogo da baleia azul

1º.jan.2015 - O então governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), tomando posse do cargo - Reprodução/Facebook/Confúcio Moura
1º.jan.2015 - O então governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), tomando posse do cargo Imagem: Reprodução/Facebook/Confúcio Moura

Caio Coletti

Do UOL, em São Paulo

14/08/2019 15h06

Um projeto de lei que tipifica como crime induzir, pela internet, que outro indivíduo pratique atos contra a própria saúde foi aprovadohoje na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), e seguirá para análise na Câmara dos Deputados.

De autoria do senador Confúcio Moura (MDB-RO), o PL 847/2019 altera o Código Penal para determinar que incorrerá nesse crime quem induzir, instigar, constranger ou ameaçar alguém, por meio da internet, para que este pratique ato prejudicial à sua saúde, à sua integridade física ou psíquica, ou à sua vida.

A pena prevista é de reclusão de um a quatro anos, mais multa, podendo ser aumentada de um terço até à metade, se a vítima for menor de 18 anos, maior de 60 anos, ou apresentar deficiência mental.

Segundo o senador, a medida se justifica pelo aumento da disseminação de fenômenos como, por exemplo, o "jogo da baleia azul". Praticado por meio virtual, o jogo estabelecia desafios que incluíam lesões ao próprio corpo e ameaças, caso a pessoa tentasse sair do grupo. Ele foi associado a mais de 100 casos de suicídio no mundo.

"O universo on-line em que as pessoas estão inseridas pode estar contribuindo para esse cenário. Nesse ambiente, as pessoas, principalmente as crianças e adolescentes, se sentem pressionadas pelas redes sociais a seguir certo estilo de vida, como uma necessidade de reafirmação e de inserção", apontou.

Mais Política