Topo

O Luciano Huck conseguiu que a esquerda e a direita se virassem contra ele

RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Gustavo Frank

Do UOL, em São Paulo

10/09/2019 18h17

Luciano Huck tem estampado manchetes com suas afirmações nos últimos dias. Na primeira delas a ganhar repercussão, ele disse: "Não vamos resolver desigualdade com um monte de gente branca e rica sentada na Faria Lima". Já na segunda, o apresentador afirmou que o "país vai implodir".

Ambas as declarações foram feitas durante a sua participação no Exame Fórum, realizado na segunda-feira (9).

Suas constatações sobre o atual estado político do Brasil logo ganharam a atenção das pessoas, principalmente na internet, seja pela sua visibilidade como personalidade global ou pelos rumores que o colocavam como um suposto candidato à Presidência do país - ideia já descartada por ele, mas que ora ou outra ganha força entre seus telespectadores.

Esse foi o momento em que poucas pessoas poderiam prever o que aconteceria. No Twitter, a esquerda e a direita se uniram para compartilhar um mesmo sentimento: o descontentamento com Luciano Huck.

De um lado, estão os "patriotas", como se apelidou essa conta com a foto do presidente Jair Bolsonaro em seu ícone:

Do outro lado estão aqueles que se recusam a apagar algumas coisas da memória:

Principalmente fotos:

Muitas delas:

E contra fotos ou fatos não há argumentos:

Há quem acredita que agora (ou daqui alguns anos) vai:

Só falta o "panelaço" no sábado à tarde:

Levaram inclusive para o pessoal:

Estão depositando a fé até no Felipe Neto:

As previsões são um suspense digno de Oscar:

No fundo, um único desespero une ambos os lados:

Mais Política