PUBLICIDADE
Topo

Política

Damares sobre proposta de aumentar licença-maternidade: 'Apenas um desejo'

Damares Alves em entrevista no estúdio UOL Folha de Brasília - Kleyton Amorim / UOL
Damares Alves em entrevista no estúdio UOL Folha de Brasília Imagem: Kleyton Amorim / UOL

Do UOL, em São Paulo

30/09/2019 11h08

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, comentou hoje a repercussão de sua entrevista ao UOL e Folha, publicada ontem. Durante a conversa, ela propôs ampliar licença-maternidade e licença-paternidade no Brasil: para um ano, em vez dos atuais 120 dias para as mães, e dois ou três meses, no lugar dos cinco dias concedidos hoje aos pais.

No Twitter, Damares tranquilizou o empresariado, disse que a medida trata-se apenas de um desejo, e que "este governo trabalha para criar um ambiente que favoreça a implementação desse tipo de medida favorável à família, sem pressionar e inviabilizar negócios".

Ao defender a proposta na entrevista, Damares disse que estava consciente de que "a indústria vai reagir" e que a pauta depende do Congresso, mas diz que há diversos projetos apresentados nesse sentido e que contarão com seu apoio.

"Defendo mais tempo da mãe com a criança em casa", declarou a ministra.

Política