PUBLICIDADE
Topo

Janaína Paschoal diz ser fiel ao Brasil: "Não sou e nunca fui bolsonarista"

22.jul.2018 - Ao lado da advogada Janaina Paschoal, o deputado Jair Bolsonaro chora durante convenção do PSL que formalizou sua candidatura - Ricardo Moraes/Reuters
22.jul.2018 - Ao lado da advogada Janaina Paschoal, o deputado Jair Bolsonaro chora durante convenção do PSL que formalizou sua candidatura Imagem: Ricardo Moraes/Reuters

Do UOL,, em São Paulo

17/02/2020 18h14

A deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) rebateu hoje os críticos e afirmou via Twitter que nunca foi "bolsonarista" — apenas defende o Brasil. Ela ainda elogiou os petistas que apoiam os candidatos Partido dos Trabalhadores e não criam conflitos internos.

"Se os bolsonaristas fossem inteligentes, não atacariam quem apoiou e apoia o Presidente deles. Nesse ponto, os petistas, por mais cegos que sejam, dão um baile nesse pessoal", escreveu a deputada.

Janaína ainda lembrou de seu discurso na convenção do PSL no Rio de Janeiro, ocorrido em julho de 2018, quando afirmou ter medo de que o ex-partido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) virasse o "PT ao contrário".

"Quem me acusa de caronista e, por conseguinte, traidora, ou não tem memória, ou tem problema de cognição. Resgatem meu discurso na Convenção do PSL no RJ. Resgatem minhas entrevistas. Não sou e nunca fui bolsonarista. Sempre vi com reservas pessoas que se permitem adjetivar", acrescentou.

"O discurso foi público, veiculado para o Brasil inteiro e, sabidamente, incomodou muito os bolsonaristas, algo que nunca fui e nunca disse ser. Jamais menti ao então candidato e ao agora Presidente. Bolsonaristas não passam de petistas ao contrário e eu disse isso há um tempão". completou.

Janaina Paschoal, que ficou conhecida após ser autora, com outros juristas, do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT), teve mais de 2 milhões de votos no estado de São Paulo.

Política