PUBLICIDADE
Topo

Lula diz que PT fará reunião para decidir sobre impeachment de Bolsonaro

Até o início do mês, Lula era contra a ideia de impeachment - Zanone Fraissat/Folhapress
Até o início do mês, Lula era contra a ideia de impeachment Imagem: Zanone Fraissat/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

02/04/2020 10h46

O ex-presidente Lula revelou hoje que o PT (Partido dos Trabalhadores) contratou um escritório de advocacia para investigar quais os possíveis crimes de responsabilidade que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) possa ter cometido.

Segundo Lula, o escritório Aragão e Ferraro Advogados está responsável pela investigação.

"Com base nisso, o PT vai se reunir daqui uns 15 dias e pode tomar ou não a decisão de pedir o impeachment", afirmou Lula em uma entrevista à rádio Super de Minas Gerais.

Até o início do mês, antes de a covid-19 ser considerada uma pandemia pela OMS, Lula era contra a ideia de impeachment.

O discurso do ex-presidente foi mudando conforme aumentavam os questionamentos sobre a condução da crise sanitária e econômica por parte de Bolsonaro.

Hoje, o ex-presidente chegou a afirmar que acredita na possibilidade de acontecer um impeachment contra o atual presidente.

"Eu acho que nós poderemos chegar a ter um pedido de impeachment do Bolsonaro, sim, na medida em que ficar provado o crime de responsabilidade e na medida que o presidente da Câmara resolva colocar em votação o pedido de impeachment".

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), ainda não se manifestou sobre um possível impeachment, mas vem questionando a atuação de Bolsonaro publicamente.

Coronavírus