PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

"Conflitos de Bolsonaro causam vítimas", diz Frente Nacional de Prefeitos

Jair Bolsonaro e o ex-ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta em reunião com a FNP, em março - Foto: Isac Nóbrega/PR
Jair Bolsonaro e o ex-ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta em reunião com a FNP, em março Imagem: Foto: Isac Nóbrega/PR

Wanderley Preite Sobrinho

Do UOL, em São Paulo

29/04/2020 17h41

Resumo da notícia

  • Para entidade, conflitos presidenciais retardam tomadas de decisões e ocasionam "mais vítimas"
  • E nota, a entidade ironiza Bolsonaro ao dizer que "quem deveria liderar pergunta o que querem que ele faça"
  • Comunicado afirma que o grupo é aliado da "ciência" e dos "profissionais da saúde"

A FNP (Frente Nacional de Prefeitos) emitiu nesta quarta-feira (29) um comunicado responsabilizando o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo aumento das mortes pela covid-19.

Em nota, a entidade, que representa nacionalmente os prefeitos de todo o país, lamentou as críticas recebidas "a cada dia" por prefeitos e governadores por parte do presidente em momento crítico da pandemia.

Lamentamos muito, não só as mortes, mas também os conflitos promovidos pelo Presidente, que só exaurem as pessoas e o debate político, retardando as tomadas de decisões e ocasionando ainda mais vítimas.
Frente Nacional de Prefeitos

"Quando ultrapassamos os 5.000 cidadãos brasileiros mortos, a pessoa que deveria liderar o enfrentamento da pandemia pergunta o que querem que ele faça. Os prefeitos respondem: Presidente, cumpra seu papel constitucional de harmonizar a federação."

A nota pede que Bolsonaro "cumpra suas responsabilidades com o futuro do país, que está sem rumo e no auge de uma calamidade sanitária".

Prefeito de Campinas e coordenador da Frente Nacional de Prefeitos, Jonas Donizette (PSB) - Luiz Granzotto/Divulgação prefeitura de Campinas - Luiz Granzotto/Divulgação prefeitura de Campinas
Presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Jonas Donizette
Imagem: Luiz Granzotto/Divulgação prefeitura de Campinas
"Nós, prefeitos das médias e grandes cidades, temos muito o que fazer e estamos fazendo, com dificuldades e muitas vezes sem o devido apoio do governo federal", diz a nota, assinada pelo presidente da entidade, o prefeito de Campinas Jonas Donizette (PSB).

O comunicado concluiu afirmando que o grupo é aliado da "ciência" e dos "profissionais da saúde". "Queremos registrar que cada vida importa. Cada uma dessas perdas, para nós, tem rosto, tem história e traz dor."

Coronavírus