PUBLICIDADE
Topo

Ninguém vai querer dar um golpe em cima de mim, diz Bolsonaro a apoiadores

Do UOL, em São Paulo

02/05/2020 09h07Atualizada em 02/05/2020 12h50

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse hoje, em um encontro com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, que "ninguém vai querer dar um golpe" após ouvir o discurso de um simpatizante com crítica ao Supremo Tribunal Federal (STF).

"Ninguém vai fazer nada ao arrepio da Constituição, fiquem tranquilos. Ninguém vai querer dar um golpe em cima de mim não, fiquem tranquilos", disse.

Antes, um apoiador disse que estava no local para "dar apoio" a Bolsonaro e "repudiar o que o STF está fazendo com o senhor".

A declaração vem depois de uma semana tensa na relação entre Bolsonaro e o STF. Na quinta-feira, Bolsonaro atacou o ministro Alexandre de Moraes por, em caráter liminar, barrar a nomeação de Alexandre Ramagem, delegado e amigo de Bolsonaro, para o comando da Polícia Federal. Ele disse que não havia engolido a decisão e deu indícios de que pode insistir na nomeação.

A relação fez com que, nas redes sociais, apoiadores de Bolsonaro acusassem o STF de interferir em outro poder. Um dia antes, durante a posse do ministro da Justiça, André Mendonça, o presidente deu ênfase à palavra "independentes" ao se referir à divisão dos poderes previstos na Constituição.

Política