PUBLICIDADE
Topo

Lula diz que Bolsonaro deveria tomar uma sopa feita de cloroquina

Ex-presidente fez referência para as doações de remédios que Brasil recebeu dos EUA - UOL
Ex-presidente fez referência para as doações de remédios que Brasil recebeu dos EUA Imagem: UOL

Do UOL, em São Paulo

04/06/2020 12h40Atualizada em 06/06/2020 06h14

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sugeriu hoje em seu Twitter que o presidente Jair Bolsonaro deveria tomar uma sopa feita de cloroquina, remédio defendido pelo governo no combate ao coronavírus mesmo sem comprovação científica da eficácia no tratamento da covid-19.

"Vocês viram essa quantidade de remédio que o Bolsonaro recebeu dos EUA? Ele devia pegar essa cloroquina que ele comprou, fazer uma sopa e tomar. Quem tem que saber de remédio é cientista. Ele deveria ser impichado. A quantidade de sandice que ele fala... ", escreveu Lula, em menção aos mais de dois milhões de doses de hidroxicloroquina — um derivado da cloroquina — que o Brasil recebeu dos Estados Unidos na segunda-feira.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, foi uma "demonstração da solidariedade" entre os dois países na luta contra a pandemia.

Na terça-feira, em entrevista para a CNN americana, Lula disse que Bolsonaro não acreditava na pandemia e que o presidente "não tem nenhuma preocupação pela quantidade de pessoas que estão morrendo" no Brasil.

Uso da cloroquina contra a covid-19

Recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) retomou os testes com a hidroxicloroquina — o que não significa uma recomendação de uso.

Os estudos foram suspensos após uma publicação da The Lancet apontando a hidroxicloroquina e a cloroquina, medicamentos para tratar a malária, estavam ligadas a um risco aumentado de morte em pacientes hospitalizados com covid-19.

Desde o início da pandemia o presidente Bolsonaro defende o uso de cloroquina em pacientes com a covid-19.

Política