PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
8 meses

Lula provoca Moro, que rebate: "Eu não debato com condenados"

O ex-presidente Lula e o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro - Miguel Schincariol/AFP e Sérgio Lima/AFP
O ex-presidente Lula e o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro Imagem: Miguel Schincariol/AFP e Sérgio Lima/AFP

Do UOL, em São Paulo

11/06/2020 16h56

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) provocou o ex-juiz Sergio Moro ao desafiá-lo para um debate, em post publicado nas redes sociais, na tarde de hoje.

"Eu tô provocando o [Sergio] Moro e o [procurador da República Deltan] Dallagnol para debater comigo, ao vivo. Se a Globo quiser fazer, eu topo. Porque é preciso desmascarar esses canalhas e mostrar o que eles fizeram ao país", escreveu o ex-presidente.

Minutos depois, Moro respondeu à mensagem de Lula. "Vou atualizar meu Twitter de 09/11/2019: Não debato com condenados por corrupção presos ou soltos. Algumas pessoas só merecem ser ignoradas", disse.

Moro foi o juiz responsável pela sentença em primeira instância que mais tarde, também confirmada e com pena elevada pelo TRF-4, levou Lula à prisão entre abril de 2018 e novembro de 2019 pelo caso do tríplex no Guarujá (SP).

A condenação do ex-presidente pelo caso de Atibaia aconteceu quando o ex-juiz já havia deixado o cargo em Curitiba para assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública no governo de Bolsonaro.

Em maio, o TRF-4 manteve a condenação do ex-presidente no caso do sítio de Atibaia (SP). O petista foi condenado a 17 anos de prisão, sentença mantida por unanimidade pela 8ª Turma do tribunal que revisa os processos da Operação Lava Jato.

Política