PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
8 meses

Flávio Bolsonaro deixa o Republicanos e espera o pai para definir futuro

O senador Flávio Bolsonaro vai decidir com o pai, o presidente Bolsonaro, seu próximo partido - Dida Sampaio/Estadão
O senador Flávio Bolsonaro vai decidir com o pai, o presidente Bolsonaro, seu próximo partido Imagem: Dida Sampaio/Estadão

Do UOL, em São Paulo

26/05/2021 15h49Atualizada em 26/05/2021 17h10

O senador Flávio Bolsonaro anunciou hoje a sua saída do partido Republicanos. O parlamentar, no entanto, ainda não tem um novo partido.

Em nota, ele afirmou que aguarda uma definição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), seu pai, sobre qual será a nova sigla a qual ambos devem se filiar.

  • Você pode assistir a toda a programação do Canal UOL aqui

Sem filiação após romper com o PSL, partido pelo qual foi eleito em 2018, e de não ter conseguido lançar o Aliança Pelo Brasil, o presidente Bolsonaro ainda avalia a qual partido se filiará para disputar a reeleição em 2022.

Flávio se filiou ao Republicanos em março do ano passado, ao lado do irmão, o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro. Ambos deixaram o PSL após a saída do pai e trabalharam com ele na criação do Aliança, mas não conseguiram o apoio necessário para registrar o partido.

"Tratamento excepcional"

Em uma publicação nas redes sociais para anunciar sua desfiliação, Flávio fez questão de agradecer ao Republicanos pelo "tratamento excepcional" no tempo que foi filiado à legenda. O senador também valorizou a transparência e o respeito dentro do partido.

Flávio publicou uma foto ao lado do deputado federal Marcos Pereira (Republicanos-SP), presidente nacional da legenda.

"Comuniquei há pouco minha desfiliação do Republicanos ao meu amigo e Presidente @marcospereira04. Muito obrigado a todos no partido pelo tratamento excepcional, transparente e respeitoso de todos os dias. Contem comigo para traçarmos, juntos, o futuro de nosso Brasil!", escreveu o senador.

Política