PUBLICIDADE
Topo

Política

Bolsonaro chama Doria de 'doninho' de SP por possibilidade de ser multado

Ontem, durante transmissão ao vivo, Bolsonaro, sem citar Doria nominalmente, chamou o governador de "hipócrita" - Jorge Hely/Framephoto/Estadão Conteúdo
Ontem, durante transmissão ao vivo, Bolsonaro, sem citar Doria nominalmente, chamou o governador de 'hipócrita' Imagem: Jorge Hely/Framephoto/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo *

11/06/2021 14h04Atualizada em 11/06/2021 15h05

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a alfinetar o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Dessa vez, porque o chefe do Executivo paulista disse que ele pode ser multado caso compareça sem máscara a um evento na capital do estado.

"Quem é o governador de São Paulo? Não conheço. Virou 'doninho' de São Paulo? Ai, se vier aqui (em São Paulo) eu multo. É assim agora?" disse Bolsonaro em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

Apoiadores de Bolsonaro planejam um passeio de moto com a presença dele amanhã. Durante atos semelhantes, além da existência de aglomerações, tem sido comum que o presidente não use alguma máscara de proteção facial.

O ato é uma reedição do passeio de moto que Bolsonaro fez no Rio de Janeiro em maio. Reportagem publicada pelo UOL estima que o aparato montado pela Polícia Militar para garantir a segurança do passeio de moto com o presidente custou ao menos R$ 545 mil aos cofres públicos.

Na última quarta-feira (9), Doria disse que, caso Bolsonaro mantenha a promessa de participar do evento e resolva não usar máscara, ele será multado tal "como qualquer cidadão".

Se o presidente Bolsonaro imagina que, pelo fato de ser presidente, pode vir participar de um movimento de rua e não usar máscara, ele será multado, assim como qualquer cidadão. João Doria (PSDB), governador de São Paulo

Ontem, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, Bolsonaro, sem citar Doria nominalmente, chamou o governador de "hipócrita", disse que ele dá "péssimo exemplo" e criticou a ameaça de multa.

"Fui ameaçado de multa em São Paulo? Estou sendo ameaçado de multa. 'Ah, porque aqui ele é um cidadão igual outro qualquer'. Ô, hipócrita, você não respeita seu povo, não respeita ninguém, vai ameaçar presidente da República?", afirmou ontem.

* Com informações da Estadão Conteúdo, em Brasília

Política