PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

'Governo genocida que só pensa em milicianos', diz Lula em live com Suplicy

Ex-presidente culpou Bolsonaro pela marca de 500 mil mortes de brasileiros pela covid-19 - Lola Ferreira/UOL
Ex-presidente culpou Bolsonaro pela marca de 500 mil mortes de brasileiros pela covid-19 Imagem: Lola Ferreira/UOL

Colaboração para o UOL

21/06/2021 19h56

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou hoje de uma live em comemoração aos 80 anos do vereador Eduardo Suplicy (PT-SP) e lamentou as mais de 500 mil mortes por conta da covid-19 no Brasil. Lula chamou Jair Bolsonaro (sem partido) de "genocida" e afirmou que o presidente não se importa com o povo brasileiro, apenas com seus "milicianos".

"Nós temos um governo genocida, que não tem nenhum sentido humanitário, nenhum sentido de solidariedade, que não pensa no povo, só pensa nele e nos milicianos dele, nas mentiras dele. O país não pode comportar uma pessoa dessa governando o Brasil. Temos um compromisso muito sério em mudar a história desse país. Seja alguém democrata que tenha compromisso com o povo, que tenha o mínimo de responsabilidade com esse país", criticou Lula.

Lula quer Suplicy no Prêmio Nobel

O ex-presidente Lula aproveitou o aniversário de 80 anos de Suplicy para afirmar que o vereador de São Paulo deveria ser lembrado pelo Prêmio Nobel por anos de dedicação ao programa de renda básica.

"Não tem nenhuma pessoa que teve a dedicação que você teve de acabar com a miséria no mundo. Não tem ninguém, nenhum senador, presidente, advogado, economista, que dedicasse tantos anos de vida como você tem dedicado com o objetivo de acabar com a miséria no seu país e no mundo. Acho que o pessoal que se reúne para discutir o Prêmio Nobel deveria lembrar que no Brasil teve um economista chamado Eduardo Suplicy que fez da vida dele em defesa de ajudar o povo pobre. Daqui para frente acho que você tem que ser olhado com mais carinho", disse Lula.

Renda Básica

O programa de Renda Básica é um projeto de autoria de Eduardo Suplicy que prevê o direito de todos os brasileiros residentes no país e estrangeiros que vivam há pelo menos cinco anos no Brasil, independente de sua condição financeira, receba anualmente do Estado um benefício monetário.

Política