PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
5 meses

Governo de SP multa Bolsonaro e três ministros por não usarem máscara

Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar jornalista mulher e não usou máscara em Sorocaba, interior de São Paulo - Reprodução/CNN Brasil
Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar jornalista mulher e não usou máscara em Sorocaba, interior de São Paulo Imagem: Reprodução/CNN Brasil

Do UOL, em São Paulo

25/06/2021 17h13

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e três de seus ministros foram multados pela Vigilância Sanitária do estado de São Paulo por não usarem máscaras durante um evento no município de Sorocaba, que aconteceu hoje.

Os ministros autuados foram Marcos Pontes, da Ciência e Tecnologia, Fábio Faria, das Comunicações e Tereza Cristina, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Além deles, outras 15 autoridades também foram multadas. Entre elas estão o senador membro da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid Luis Carlos Heinze (PP-RS) e os deputados federais Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Carla Zambelli (PSL-SP), Caroline De Toni (PSL-SC) e Guilherme Muraro Derrite (PP-SP).

Na esfera estadual, estão envolvidos os deputados estaduais paulistas Gil Diniz, o "carteiro reaça" (sem partido), Frederico D'Ávila (PSL) e Danilo Balas (PSL). E ainda o secretário municipal de Saúde de Sorocaba, Vinicius Rodrigues, o vereador da cidade Vinicius Aith (PRTB) e o vereador de São Bernardo do Campo Paulo Eduardo Lopes, conhecido como "Paulo Chuchu" (PRTB).

Cada um deles receberá a autuação no valor de R$ 552,71 por descumprimento da legislação que determina o uso da proteção facial em espaços públicos. O uso de máscaras é obrigatório no Estado de São Paulo desde maio de 2020, conforme Decreto nº 64.959 e resolução SS 96.

Multa em 'motociata' em São Paulo

No último dia 12, o presidente Jair Bolsonaro fora autuado por "não cumprir com a exigência de uso de máscara de proteção facial nos espaços de uso aberto ao público", durante uma "motociata" em São Paulo. O valor da multa é de R$ 552,71, e o auto de infração é do Centro de Vigilância Sanitária, da secretaria estadual de Saúde.

Além do presidente, os ministros Ricardo Salles (Meio Ambiente), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), presentes no ato, também foram multados em R$ 552,71 por não usarem máscara.

Ainda foram autuados cinco deputados federais — Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Carla Zambelli (PSL-SP), Cezinha de Madureira (PSD-SP), Coronel Tadeu (PSL-SP) e Hélio Lopes (PSL-RJ) — e o deputado estadual Gil Diniz (sem partido-SP) pelo mesmo motivo, totalizando dez autoridades multadas.

Segundo o governo de São Paulo, o prazo para apresentação de recurso dessas primeiras autuações se esgota na próxima semana e, se isto não ocorrer, a multa será aplicada individualmente.

Política